Menu

CONFIRAM AS PRÓXIMAS PROGRAMAÇÕES DE NOSSA CONGREGAÇÃO, VISUALIZANDO A AGENDA NO FINAL DA PAGINA

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

O AMOR É BENIGNO

“O amor é benigno” (1 Coríntios 13.4).

O amor é… benigno! Ser benigno é ser bondoso em sua essência. É bondoso e gentil por motivação natural. Existe uma diferença entre alguém bondoso e alguém benigno. O bondoso é aquele que faz atos de bondade. O benigno é aquele que age bondosamente porque isso faz parte dele. Um exemplo de amor benigno é o amor de mãe. É um amor que não só faz atos de bondade, mas que quer o bem aos seus filhos o tempo todo! Ainda que seu filho acabe de lhe esgotar de desgosto e raiva, se esse filho cai, se machuca, logo se mostra essa benignidade, pelo cuidado bondoso com que essa mãe vem acudir a seu filho.
Alguém pode fazer atos de bondade, encobrindo interesses, mágoa, rancor, ódio ou qualquer outro sentimento impuro. Porém o amor benigno é esse que, em sua essência, e em todas as suas motivações, e em todo tempo, somente quer a bondade para aqueles que estão ao seu lado. JESUS CRISTO é benigno comigo porque me ama, e todos os Seus pensamentos a meu respeito são de paz e bondade!

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

CREIA EM DEUS E EM SUA FIDELIDADE

“Mesmo assim não duvidou nem foi incrédulo em relação à promessa de Deus, mas foi fortalecido em sua fé e deu glória a Deus, estando plenamente convencido de que Ele era poderoso para cumprir o que havia prometido” (Romanos 4.20-21).




Quando  Abraão creu “na promessa” que DEUS lhe fez, ele foi justificado. Quando vieram as impossibilidades, e o tempo passou, acabaram-se as esperanças. Então, Abraão “creu Naquele” que fez a promessa, e isso “também” lhe foi creditado como justiça. Existe um crédito dado por DEUS que recebemos quando começamos a crer e outro quando chegamos ao final crendo.
Abraão começou crendo “na promessa” e terminou crendo “no DEUS” que lhe havia prometido. Abraão creu no caráter fiel de quem lhe havia feito a promessa. Para continuar crendo, além de enxergar sua promessa, Abraão enxergou, de maneira mais forte ainda, a fidelidade do DEUS que lhe havia feito a promessa. Creio em DEUS! Creio na Sua Palavra! Creio na Sua Fidelidade!

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

SEJA PACIENTE

“O amor é paciente” (1 Coríntios 13.4a).

O amor é… paciente! Mas a paciência gerada pelo amor é uma paciência gentil. A paciência do amor não diz: “Tem que aguentar!” Essa paciência é uma decisão de perseverar em amar. Significa algo que perdura muito tempo, ou seja, aguardar amando mesmo que o tempo passe. É continuar agindo gentilmente, ainda que tenha que esperar, diante de atitudes que não correspondam ao seu amor. Essa paciência do amor é diferente de “aguentar” contra sua vontade, mas, sim, insistir em amar com boa vontade.
Quem ama tem paciência e não perde o ânimo; aguarda com bondade que se realize o necessário em seu amado. A paciência do amor é algo que nunca se esgota. JESUS mandou amar com paciência, pois ELE primeiro fez assim comigo, mesmo quando eu ainda não correspondia ao Seu amor!

terça-feira, 15 de agosto de 2017

VIVA A PALAVRA DE DEUS

“Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei” (Josué 1.5).
Fico feliz que DEUS olha para mim e me enxerga tendo vitória. ELE disse a Josué que ninguém poderia lhe resistir, ou seja, lhe derrotar, nenhum dia de sua vida. DEUS criou em Josué a expectativa de vitória sempre. O SENHOR garantiu Sua presença junto dele para lhe dar vitória em todo lugar a que fosse, porém DEUS colocou uma condição! Josué deveria permanecer meditando e falando da Palavra de DEUS dia e noite. É assim que Josué faria o sucesso prosperar em seus caminhos.
Do mesmo modo como foi com Josué, ter sucesso e ter vitória é responsabilidade minha, e não de DEUS. O SENHOR faria a vitória acontecer, desde que Josué tivesse a responsabilidade de fazer conforme DEUS havia dito. Muitas pessoas estão somente batalhando na vida. Estão lutando. E pensam que isso é o certo! Dizem que estão na luta porque sem luta não tem vitória. DEUS ensinou diferente: disse que é vivendo a Palavra DELE que eu alcanço o sucesso. Já é hora de ser responsável pelo meu sucesso. Eu preciso corresponder às expectativas de DEUS a meu respeito, viver conforme a Palavra DELE e ter os resultados que ELE preparou para mim.